• Português
  • English

AVISO: Pedimos que levem as viaturas para o Parque de Estaciomento do Andanças, deixando a aldeia livre de carros!

AVISO: Pedimos a todos os participantes do Festival Andanças que estacionem as suas viaturas na zona reservada a estacionamento do festival (Aeródromo de Campinho) por forma a não criar constrangimento aos moradores de Campinho.

Podem chegar pelo lado de São marcos do Campo, descarregar os vossos objetos no Campismo, que fica mesmo à entrada de Campinho, e seguir para o estacionamento. É a forma mais prática de deixar o carro, evitando passar nas ruas da aldeia.

Agradecemos a vossa colaboração.

 

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Apenas 12% de desperdícios de comida no primeiro dia de Andanças

A equipa da Dose Certa do Andanças está a monotorizar os parâmetros de sustentabilidade na cantina e lavatário do festival. No primeiro dia de festival produzimos apenas 12% de desperdícios de comida, um número muito positivo para o objetivo idealizado de “zero desperdício”. No Andanças incentivamos a redução do desperdício alimentar através da Dose Certa, sensibilizando as pessoas para se servirem apenas da quantidade de comida que irão consumir e, através deste número, podemos dizer que os nossos participantes têm esta consciência ambiental.

Falamos com produtores locais que têm vindo recolher os resíduos produzidos no festival para compostagem ou alimentação dos seus animais.

No Andanças não usamos loiça descartável – não há copos, nem pratos, nem talheres de plástico descartáveis. Há canecas reutilizáveis para cada participante e os pratos e talheres lavados depois das refeições. Procuramos também reduzir o consumo de garrafas de plástico com diversos pontos de água potável, bem como, o uso consciente da água como um bem precioso e escasso, sensibilizando para a sua poupança.

 

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Medidas de Sustentabilidade no Andanças 2022

O incentivo à utilização do transporte coletivo, a redução da pegada ecológica com a promoção do conceito “quilómetro zero” na cantina, a não utilização de plásticos ou o recurso à reciclagem de materiais na construção e decoração do recinto, são algumas das medidas de sustentabilidade ambiental adotadas pelo Festival Andanças, que decorrerá na aldeia de Campinho (Reguengos de Monsaraz) entre os próximos dias 18 e 21 de agosto.

 

São três os objetivos a alcançar: reduzir os impactes negativos locais e globais, fazendo com que o festival toque na Terra de modo mais suave; criar mudanças locais e regionais para a sustentabilidade, através de melhores práticas que se enraízem e deem frutos e difundir princípios e práticas que os diversos participantes levem consigo, como sementes que podem germinar e frutificar noutros locais, no seu dia a dia.

 

A pensar na mobilidade sustentável, a Associação PédeXumbo, organizadora do festival, aconselha os participantes a utilizar o transporte coletivo. Para isso, foi estabelecida uma parceria com a Rede Expressos, que oferece um desconto de 25% no preço do bilhete aos participantes no Festival que viagem até Reguengos de Monsaraz, sendo reforçadas as ligações entre esta cidade e a aldeia de Campinho, a casa do Andanças. Segundo Joana Ricardo, responsável pela comunicação do evento, haverá também ‘transfers’ entre Campinho e a praia fluvial de Monsaraz: “nesta edição teremos uma pausa para sesta na programação, no período de maior calor, e serão disponibilizados ‘transfers’ até Monsaraz para que os participantes possam ir à praia sem ter necessidade de utilizar o automóvel particular”.

 

Ainda em matéria de mobilidade, outro parceiro do Andanças, a Cicloficina dos Anjos, organiza o Pedalanças, um percurso de 160 quilómetros entre Lisboa e Campinho, “divididos em etapas suaves, que nos permitirão desfrutar, sem pressas nem grande esforço, das paisagens que atravessaremos”.

 

A partida de Lisboa ocorrerá dia 14 de agosto. “Para quem tenha mesmo de utilizar o carro, criámos um grupo de partilha de boleias no Facebook”, revela Joana Ricardo.

 

Nas refeições que serão servidas no festival o princípio é o consumo local. “Apelamos sempre para que os produtos sejam comprados na região, pois dessa forma estamos a reduzir a pegada ecológica e a promover o conceito de ‘quilómetro zero’, que se aplica a tudo o que consumimos no festival”, explica Marta Guerreiro, coordenadora da Associação PédeXumbo, acrescentando que outra das apostas é a “minimização” do desperdício. “As nossas doses não estão uniformizadas, iremos servir a dose certa. As pessoas, quando estão com a sua bandeja, podem pedir uma dose maior ou menor, a ideia é que pensem sobre o que precisam de consumir e façam a sua opção”, sublinha.

 

Outra das práticas do Andanças é o “descartável zero”, pelo que toda a loiça usada na cantina não é descartável, o mesmo se exigindo aos “tascos” que estão dentro da área de concessão do festival.

 

“Não é permitida a utilização de talhares e de pratos descartáveis, todos os materiais serão lavados e reutilizados”, refere Marta Guerreiro. O mesmo se passa com a caneca, “uma nossas marcas identitárias”, que poderá ser comprada ou alugada pelos participantes. A separação de lixos será uma prática em todo o recinto.

 

Márcio Pereira, responsável pela decoração do Andanças, revela que a preocupação pela sustentabilidade ambiental também passa por aqui: “procuramos reutilizar os materiais ao máximo, dando uma segunda, terceira ou quarta vida aos objetos”. Por isso, foram recolhidos materiais utilizados em edições anteriores do Andanças e de outros eventos da PédeXumbo para serem reaproveitados. Será, por exemplo, o caso dos abajures que irão integrar a decoração dos palcos, e nos quais foram reutilizados cartazes de atividades realizadas pela associação, dos biombos espalhados pelo recinto, construídos a partir de paletes cedidas por uma cooperativa produtora de vinho, ou dos pufes, feitos com lonas de edições anteriores do festival e cheios com palha.Ainda de acordo com Márcio Pereira, a temática desta edição do Andanças, “o barro e o têxtil”, remete para as artes tradicionais do concelho, designadamente a olaria de São Pedro do Corval e o fabrico de mantas alentejanas.

 

A sustentabilidade é também uma preocupação para a montagem do recinto. “As estruturas são construídas à base de materiais reciclados, alguns utilizados em edições anteriores, a que demos uma nova vida”, diz Manuel d’Apresentação, responsável por este setor. Além disso, haverá casas de banho secas, a par das convencionais, e as torneiras foram doseadas para evitar consumos excessivos. “Lutamos constantemente contra o desperdício”, resume Manuel d’Apresentação, lembrando ainda que no Andanças não há o ‘merchandising’ comum a outros eventos. “Pelo contrário, fazemos uma atividade denominada Estampa Aqui, em que os participantes podem estampar o logotipo do festival na sua própria roupa e levar para casa uma recordação da sua passagem pelo Campinho”, conclui.

 

Para mais informação:

Luís Godinho, Mundobtuso (Assessoria de Imprensa) | Tlf. + 351 961 311 131

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Campismo Andanças: como ter acesso e quantas noites podem ficar?

Recebemos muitas chamadas e emails de participantes que querem saber mais sobre a área reservada ao campismo do Andanças. Têm também dúvidas sobre quantas noites podem usufruir deste espaço. Vamos esclarecer!

Nesta edição do Andanças, que acontece na bela aldeia do Campinho, no concelho de Reguengos de Monsaraz, o campismo será numa área reservada para o acampamento dos Andantes, à entrada de Campinho, do lado  direito, pela estrada de São Marcos do Campo. Fica a 300m do recinto principal. No camping existem chuveiros, casas de banho e sombras artificiais que a organização está a providenciar para o bem-estar de todos e todas.

Não são permitidos veículos, como carros, autocaravanas ou carros com tendas no tejadilho, na área de campismo. Nem é permitido estacionar dentro da área de campismo, havendo uma área reservada a estacionamento, no espaço do aeródromo de Campinho.

Quantos dias se pode acampar neste espaço? O acampamento do Andanças é um serviço gratuito para quem tem bilhete válido. À entrada do campismo, os participantes devem mostrar a sua pulseira e esta deve estar válida para participar no festival.

O campismo abre dia 17 de agosto, a partir das 17h00. Quem tem passe geral ou pulseira para dia 18 de agosto, pode acampar a partir das 17h00 do dia 17 de agosto. E quem vem só um, dois ou três dias? Por exemplo, os participantes com bilhete para sexta-feira, só podem acessar a área de campismo na sexta-feira, podendo permanecer nesta área até às 12h00 de sábado. Por exemplo, se têm bilhete válido para sexta, sábado e domingo podem permanecer as três noites no campismo.

Apesar de este ser um espaço vigiado, a organização não se responsabiliza por danos, roubos e estragos nas tendas, pelo que devem cuidar e guardar os vossos objetos.  Neste espaço é também proibido foguear e fumar ou deixar botijas de gás dentro das tendas. 

Tudo sobre “onde dormir em” www.andancas.net/site/ondedormir/

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Caravanistas no Andanças: há um espaço para Caravanas!

Porque o Andanças tem uma nova casa, ainda não foi possivel encontrar uma área definida para Caravanas. No entanto, e devido ao elevado número de pedidos, temos uma boa notícia para os Caravanistas: a organização do festival Andanças conseguiu encontrar um espaço dedicado ao estacionamento de participantes que viajam em Caravana ou carrinha-cama.

Não sendo sombreado, é uma solução encontrada a apenas dois passos do portão oficial da área de campismo, dando acesso a duches e wc’s a todos os que se encontrarem a dormir na área de Caravanistas e que tenham pulseira válida.

Este espaço é destinado a Caravanistas, a carros com tenda no tejadilho ou a carrinhas com cama instalada. Não se destina a estacionamento de veículos!

Está localizado junto à área de campismo do festival, ao lado da CM1129, a estrada que vem de São Marcos do Campo. Estas áreas estão a 300 metros do recinto principal da programação.

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Segunda fase de candidaturas para o Voluntariado Andanças

Há ainda algumas áreas do festival com equipas em aberto e chega então a segunda fase de candidaturas para o Voluntariado Andanças!

Pedimos a todos interessados em fazer parte desta grande família, durante 4 dias, que acedam ao formulário de inscrição e possam ser detalhados no preenchimento dos vários campos de perfil, para facilitar o processo de seleção pelos coordenadores de cada área.

Os que são selecionados dão corpo a uma equipa que coloca o festival de pé, que este ano se vai realizar de 18 a 21 de agosto no Campinho, concelho de Reguengos de Monsaraz. O ambiente ímpar do festival deve-se, em grande parte, a esta força humana que o faz acontecer: os voluntários!

Da cantina onde se entregam ou lavam pratos, ao campismo ou mesmo aos palcos, o ambiente de alegria e cooperação destes prestadores de serviços especiais é contagiante. Há um problema? Tudo se resolve! Venham fazer parte!

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Sombras no Andanças!

São muitos os Andantes que nos escrevem preocupados com o calor extremo e o facto do festival ser no Alentejo, onde o calor se faz sentir e nos acaricia a pele.

A equipa PédeXumbo, organizadora do Andanças, em conjunto com a Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz estão a trabalhar para proporcionar o maior número de sombras possível a todos os participantes do festival, quer seja nos Espaços de Programação, quer seja no Campismo ou na Cantina.

Haverá vários pontos de água potável e também espaços de programação em locais frescos como é o caso do Espaço Criança e do Cinema, na Sociedade Recreativa Campinhense, e do Lavadouro, que recebe as oficinas criativas e de instrumentos.

Na hora de almoço fazemos uma pausa da programação para que os participantes possam descansar à beira da água de Alqueva, com transfers diários até à Praia Fluvial de Monsaraz!

Tragam os vossos chapeús, protetores, borrifadores e boa disposição. Mergulhos não vão faltar!

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Onde dormir nos dias do Festival Andanças?

Já têm passe para o Festival Andanças e procuram locais para passar a noite?

No site do Andanças disponibilizamos várias opções de alojamento local, entre hóteis, pensões e casasa de campo, que oferecem uma boa noite de sono, mas também a oportunidade de deambular pela região e ficar a conhecer os seus encantos. Monsaraz, Reguengos de Monsaraz, Corval e Campo são algumas das localidades para pernoitar!

Nesta edição do Andanças, que acontece na bela aldeia do Campinho, no concelho de Reguengos de Monsaraz, o campismo será numa área reservada para o acampamento dos Andantes, que fica a 300 metros do recinto principal da programação. O acesso ao campismo do Andanças é exclusivo para pessoas com pulseiras válidas para o próprio dia, com acesso gratuito. Abre dia 17 de agosto, a partir das 17h00, para quem tem pulseira válida para dia 18 de agosto. Para quem chega a meio do festival, o acesso ao campismo é válido para o próprio dia. Por exemplo, os participantes com ingresso para sexta-feira, só podem acessar a área de campismo na noite de sexta-feira para para sábado, podendo permanecer nesta área até às 12h00 de sábado.

Existe também uma zona de autocaravanas no Parque de Merendas do Campinho, mas este não é um espaço oficial do festival.

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O que fazer nas horas de calor? Apanhar o transfer para a praia fluvial de Monsaraz!

De 18 a 21 de agosto vamos estar no Alentejo para dançar! Mas na hora de maior calor, a programação do Andanças faz uma pausa para sesta à beira do espelho de água de Alqueva!

Há um transfer diário que leva os participantes até à praia fluvial de Monsaraz. O transfer vai sair todos os dias, às 14h45, do Largo do Relógio – no centro da aldeia de Campinho, onde acontece o festival – em direção à praia de Monsaraz, onde podem ir a banhos e belas sestas para recuperar o fôlego para os bailes da noite! O transfer regressa para Campinho todos os dias às 17h15, dando a possibilidade aos participantes de chegar no horário das oficinas e concertos da tarde.

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
©2022 Copyright, todos os direitos reservados por PédeXumbo
Scroll to top