Programa
Conversas com Cordofones: Viola Amarantina (Apaixona-te de Novo) por Eduardo Costa
Um misto de conversa. Um misto de concerto. Um misto de oficina de instrumentos. As Conversas com Cordofones, serão todas diferentes quer seja porque os instrumentos serão diferentes de dia para dia, quer por numa conversa ser mais concerto, e noutro, o participante poder tocar. Os participantes serão convidados a participarem ativamente dialogando com o tocador e/ou construtor de instrumentos.
O principal objectivo destas conversas concerto é dar a conhecer os cordofones. Estas são algumas das questões que esperamos ver respondidas: 
Quais são os cordofones portugueses? Quantos cordofones portugueses existem? Quais as diferenças? Quais as semelhanças? Como se tocam? Como se constroem? Onde se tocam? Quais as afinações? Quais as histórias que contam?
Biografia
O projeto "Viola Amarantina - Apaixona-te de Novo" é um dos vetores de desenvolvimento do trabalho realizado pela "Propagode, Associação Cultural e Musical", na sua vertente de divulgação e promoção de uma das violas de arame portuguesas. Este instrumento tinha caído em desuso, já há várias décadas, na sua região de origem e era, à altura do início do trabalho da sua recuperação, por parte de alguns elementos da Associação Propagode, um cordofone tradicional desconhecido por muitos amarantinos.
Eduardo Costa, atual presidente da direção da associação, tem desenvolvido, individualmente, o trabalho de exploração das capacidades instrumentais da viola amarantina, tentando uma alargada abrangência musical de estilos e temáticas, na execução e toque da viola, com a perspetiva de estimular a sua utilização nos mais variados contextos musicais, tanto como instrumento solista como de "naipe".
Paralelamente ao percurso do grupo musical "Propagode", outro vetor da associação cultural e musical, Eduardo Costa tem sido o mais ativo elemento na divulgação e promoção da viola amarantina.
Esta ação começou pela estruturação e dinamização de "Oficinas de Viola Amarantina", também designadas por "Workshops"; pela elaboração de um método de aprendizagem, ainda em desenvolvimento; pela criação de espaços de ensino, principalmente associados à atividade de docente, espaços estes designados por "Clube de Viola Amarantina"; pela criação de projetos de divulgação e dinamização na comunidade, "Violas na Cidade", "Centro de Recursos da Viola Amarantina"; pela apresentação em concertos a solo, tendo como único instrumento a viola amarantina, por vezes acompanhada de voz.
Naturalmente que com o crescimento dos projetos desenvolvidos, também surgiram novos membros da associação que começaram a dar o seu apoio pessoal à dinamização do projeto, havendo já sido ultrapassado, neste ano letivo 2015/2016, o número de 100 aprendizes e tocadores da viola amarantina.
Para além de concertos/apresentações no projeto "Violas na Cidade", projeto este inserido no mais lato "Viola Amarantina - Apaixona-te de Novo", Eduardo Costa já realizou concertos a solo, sublinhando dois em Espanha (Corunha e Ourense) e participou no evento internacional "I Mostra Internacional de Violas de Arame do Brasil", em setembro de 2015.

Horário

Quarta \ Wednesday
Horário: 15:00 até 15:30
Espaço: TRADIÇÕES E CONEXÕES
Actividade: Sound-check
Quarta \ Wednesday
Horário: 15:30 até 18:45
Espaço: TRADIÇÕES E CONEXÕES
Actividade: Conversas com Cordofones - Viola Amarantina: Apaixona-te de novo - Eduardo Costa
Organization:
PédeXumbo es una estructura apoyada por:
En colaboración con:
En estrecha colaboración con:
Radio oficial:
Partners oficiales:
Partners de comunicación:
Asociados a: