Conceito

Em 2019, a música e a dança continuam a protagonizar momentos de partilha. Sob o tema “Famílias” vamos criar uma tela humana, criativa, que nos interligará com o que nos rodeia. O Andanças continuará a ser um espaço onde todos dançam, onde se faz música, onde se pode aprender e ter novas experiências, onde há partilha e cruzamento de ideias para um mundo melhor. Será uma grande família!

24 Andanças

 

Na 24ª edição, o Andanças continua a afirmar-se como um festival marcante na música e na dança em Portugal, onde artistas e públicos interagem ativamente com práticas tradicionais, reinventando-as e fundindo-as com expressões artísticas emergentes e inovadoras.

 

Na programação haverá um conjunto alargado de propostas que integrem valores cooperativos e sustentáveis, apresentem formas inovadoras de expressão, provoquem e surpreendam os públicos, despertando um olhar criativo sobre arte, tradição, identidade, sociedade e contemporaneidade. 

Uma viagem que começa em Portugal

 

Em 2019 daremos início a um ciclo anual com espaço de destaque na programação que se focará num país específico. Este ano a viagem começa em Portugal.

 

O Andanças transformar-se-á assim numa montra interativa do melhor que se faz em Portugal, incitando o encontro com o diferente, o outro, o tradicional e o contemporâneo, convidando à participação de todos, num diálogo de enriquecimento mútuo e de criação de um espaço de bem-estar.

A Dançar o Mundo

As danças “do mundo” irão continuar a constituir o eixo central do Andanças, mantendo-se também o espaço para as novas propostas, que vão desde danças urbanas a contemporâneas. As propostas artísticas inovadoras e emergentes terão um espaço privilegiado no Andanças.

Áreas artísticas como Teatro, Artes Plásticas, Cinema e Circo irão continuar a fazer parte do programa, enquadradas em lugares improváveis, convidado à reflexão sobre a relação da arte com o território e com a atualidade.

A diversidade de públicos do Andanças e a multiplicidade de atividades propostas permitem a construção de uma rede espessa e dinâmica de interações, que transformam o Festival numa aldeia global.

 

A música será o elemento central, essencial à movimentação dos corpos, aproximações entre pessoas e à construção de espaços de encontro e aprendizagem, numa dança que além de corpos dinamiza ideias.

 

Os espaços de pausa continuam a ser momentos de descanso, convívio, encontro ou contemplação do meio que persiste em surpreender.

 

O Andanças é um espaço artístico, potente e vivo, que marca gerações apaziguadas com a sua identidade.

Partilhar
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
©2019 Copyright, todos os direitos reservados por PédeXumbo
Scroll to top