Danças Africanas
A Dança não é só o movimento físico, mas um trabalho interior que mexe com as nossas emoções e sentimentos. A dança é uma libertação de algo que vem do nosso coração, da nossa alma.
Tendo sido usada em rituais sagrados em contacto directo com a natureza (agricultura, pesca, guerreiros, etc.), a dança africana foi, na sociedade moderna, transformada numa actividade cultural que envolve ritmo, sincronia, forma e união.
Nestas aulas pretende-se explorar a cultura tribal da Costa Oeste de África com influências da nossa sociedade contemporânea, acompanhada por música ao vivo com Paulo das Cavernas e músicos do grupo Semente e da Escola Sementinha.